Secretário da SES afirma que o Maranhão precisa de testes rápidos para agilizar exame de coronavírus

Sobre os dois novos casos de coronavírus no estado, Carlos Lula destacou que um é de São Luís e outro de Imperatriz.

Ambos estão clinicamente estáveis e em isolamento domiciliar. Secretário da SES fala sobre casos do novo coronavírus no Maranhão Em entrevista à TV Mirante, nesta quinta-feira (26), o secretário estadual de Saúde do Maranhão, Carlos Lula, falou sobre a situação do estado diante dos novos casos de coronavírus.

Segundo Carlos Lula, ele estava conversando com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, sobre a chegada de material destinado à testagem e ao atendimento de pacientes com coronavírus no Maranhão, o qual já tem 10 casos confirmados da doença. “Há uma guerra mundial em torno dos equipamentos, desses testes, e a gente espera que chegue a partir da semana que vem.

Vamos ter, pelo menos, 10 milhões de testes rápidos a serem distribuídos para todo o Brasil, em todos os estados.

A gente conversava sobre os leitos de UTI e, até agora, só três estados receberam.

Então, está tendo uma reclamação entre os estados, porque o Ministério acabou centralizando a compra desses equipamentos para distribuir ao Brasil e não está conseguindo dar conta com rapidez”, explicou o secretário da SES. Carlos Lula ressaltou que o Maranhão está tomando providências à parte e já tem leitos de UTI além do que precisa, mas espera contar com o suporte do Ministério da Saúde, pois a doença não espera.

De acordo com o secretário da SES, o Maranhão precisa de mais testes rápidos. “O ministério, a princípio, não ofereceu testes rápidos.

Ele forneceu um teste que roda em uma máquina chamada de PCR, que é o exame laboratorial, esse que demora mais de 24h para ser realizado, mas nos forneceu, a princípio, só 72 testes.

Então a gente faz essas amostras, que são enviadas para o laboratório federal, que fica em Belém.

Por isso, é que muitas vezes a gente tem uma demora na resposta dos resultados.

Todos os testes que fizemos aqui, nós realizamos em menos de três dias e já esgotamos.

Estamos no aguardo do Ministério para que ele consiga enviar mais kits pra gente fazer a testagem.

Senão, vamos atrás de fornecedores pra que a gente possa fazer esse PCR aqui no estado, sem depender do Ministério da Saúde.

Porque, enquanto isso não acontece, vamos continuar mandando os nossos testes para a cidade de Belém”, ressaltou Carlos Lula.

Carlos Lula é titular da Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão. Reprodução/TV Mirante. Ainda segundo o titular da SES, o Ministério da Saúde deu garantias de que enviará os testes para o Maranhão e, além disso, será enviada, nesta sexta-feira (27), uma verba de R$ 20 milhões.

Desse valor, R$ 18 milhões serão destinados aos municípios e R$ 2 milhões para o governo do estado, para investir nas ações de controle do coronavírus. Novos casos confirmados no Maranhão Sobre os dois novos casos de coronavírus no estado, o secretário da SES destacou que um é de São Luís, um homem de 55 anos, que viajou pela Europa.

Toda a família que viajou com ele testou negativo para a doença.

O outro caso é da cidade de Imperatriz, uma mulher de 28 anos, com relato de viagem no Brasil.

Carlos Lula destacou que ambos os pacientes estão clinicamente estáveis e em isolamento familiar, assim como os oito casos confirmados.

Os 10 pacientes estão sendo monitorados para verificar se há algum agravamento do quadro.

Quanto ao caso do médico que veio de São Paulo para a cidade de Imperatriz, no sul do Maranhão, Calos Lula afirmou que ele será acompanhado, mas não vai entrar na lista de casos confirmados no estado. “Esse caso do médico a gente vai entrar em contado com ele hoje, para ver se ele precisa de alguma ajuda nossa.

Ele é residente em São Paulo, trabalha em São Paulo e fez o teste lá.

Ele viajou para Imperatriz para ficar com a família e recebeu o resultado já estando na cidade de Imperatriz.

Nesse caso, o caso conta para São Paulo e não para o Maranhão.

Mas a gente vai entrar em contato com ele e colocar a vigilância epidemiológica do estado à disposição, para caso ele precise de alguma coisa”, explicou Carlos Lula.

Centro de Testagem O Maranhão possui dois Centros de Testagem para casos do novo coronavírus.

O primeiro, é localizado localizado na Policlínica Diamante em São Luís.

O segundo também é localizado em São Luís, no Viva Beira-Mar. Devem procurar os centros pessoas que estejam com sintomas de febre, tosse e dificuldade de respirar ou tenham feito viagens para outras áreas que estejam com casos confirmados da doença, e tenham tido contato com casos suspeitos ou confirmados de Covid-19. Os laboratórios estão recebendo a coleta de material para a realização de exames para Covid-19 e dando orientações sobre as medidas que devem ser tomadas após o laudo.

Os locais funcionamde segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Cuidados Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo.

Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas. Dicas de prevenção contra o coronavírus Arte/G1 Initial plugin text
Categoria:Maranhão